10º Congresso Brasileiro de Ensino e 3º Simpósio de Especialistas

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

AVALIAÇAO DA AEROSTASIA PULMONAR PROMOVIDA PELO ADESIVO SINTETICO DE N-BUTIL 2-CIANOACRILATO APOS LOBECTOMIA PARCIAL UTILIZANDO MODELO CADAVERICO DE CAES

Resumo para avaliação

Os adesivos teciduais empregados para síntese tissular podem ter origem biológica e sintética. Sintéticos a base de cianoacrilato diferem estruturalmente entre si, conforme o número de moléculas de carbono em sua cadeia lateral. Dentre os mais estudados, há on-butil 2-cianoacrilato,de cadeia lateral longa cuja degradação de seus componentes ocorre lentamente resultando em mínima histotoxicidade, diferenciando-se dos variantes de cadeia curta. Objetivou-se com este estudo avaliar a eficácia da aerostasia pulmonar promovida pelo adesivo de n-butil 2-cianoacrilato em lobo pulmonar caudal direito (LPCD) de cães submetidos a pressões ventilatórias graduais após lobectomia parcial. Seis blocos respiratórios, contendo desde laringe até pulmões foram removidos de cães após óbito, pesando entre 6 e 10Kg e sem histórico de doença pulmonar. Os pulmões foram utilizados em até cinco horas após o óbito, sendo inflados com pressão de 10mmHg e desinflados anteriormente a realização da lobectomia. Ato contínuo, foi realizada lobectomia em terço médio seguida da aplicaçãode 1mL do adesivo de n-butil 2-cianoacrilato (Glubran-2®) sobre a área ressecada. Para o teste de aerostasia, os pulmões foram submersos em recipiente com água, recebendopressões ventilatórias graduais durante 10 segundos. A pressão resultante na formação de bolhas de ar no local de síntese foi registrada e comparada. As pressões de vazamento aéreo nos seis LPCD foramde 60mmHg, 40mmHg, 20mmHg, 40mmHg, 40mmHg e 80mmHg, com média de 46mmHg. Conclui-se que o adesivo de n-butil 2-cianoacrilato demonstrou segurança ao promover aerostasia pulmonar, resultando em falhas somente quando em pressões ventilatórias suprafisiológicas.


Palavras-chave

Técnica cirúrgica; pulmões; síntese pulmonar.

Área

Cirurgia Torácica e Intensivismo

Instituições

Universidade Federal de Minas Gerais - Minas Gerais - Brasil

Autores

Paloma Helena Sanches da Silva, Carlos Eduardo Bastos Lopes, Lucas Oliveira Ferriera, Larissa Bueno Stallmach, Pedro Antônio Bronhara Pimentel, Rodrigo Santos Horta, Patrícia Maria Coletto Freitas